Carreira

Nathalia Aparecida Salvador
5 minutos de leitura
Escrito dia 26/01/2022


Invista em deixar o seu currículo impecável! Preparamos este artigo para ajudar você com seu curriculum vitae


Seu currículo está em dia? Ele realmente funciona para o seu propósito? Está na hora de descobrir.

Os processos seletivos passaram por mudanças nos últimos anos, com a maioria se tornando digital. Na triagem, podemos observar a utilização de softwares para testes de aptidão que filtram os candidatos aplicando desafios de raciocínio lógico, inglês, português, matemática, entre outros. Mas o que não mudou foi a atenção dada a um currículo bem-feito.

A atração, fase inicial de recrutamento e seleção, onde basicamente é observado o currículo, ainda é muito utilizada para a pré-seleção. É nesta fase que os recrutadores decidem se o candidato vai ou não participar do processo seletivo. O currículo acaba sendo a primeira apresentação profissional do candidato.

Mesmo que você possua bons conteúdos e experiências profissionais, se não souber demonstrar corretamente, poderá ser logo eliminado na triagem, perdendo a oportunidade de participar do processo seletivo que você tanto desejava.

Segundo estudo realizado pela Catho em 2017, 30% dos recrutadores levam em média de 6 a 10 segundos para analisar um currículo e desclassificar o candidato para uma entrevista.

Um bom currículo pode te colocar à frente de outros candidatos e te permitir participar das próximas etapas da seleção. E para isso iremos te fornecer dicas valiosas para elaborar esse documento da melhor forma! 

 

1 - Entenda a importância de um currículo bem-feito

Um currículo com informações irrelevantes, com erros de ortografia e formatação, incompatibilidade com a vaga ou perfil solicitado, sem estrutura coerente e sem padrão, podem gerar incertezas e falta de credibilidade ao recrutador. Um currículo mal elaborado pode causar a impressão de que o profissional não é um bom candidato para a vaga.

Essa falta de atenção, cometida inclusive por grande parte dos profissionais, é evidente e, de certo modo, até justificável. No modelo de ensino tradicional, não se ensina sobre como montar um currículo adequadamente.

Muitas pessoas se frustram na etapa de triagem e podem até desistir da vaga de emprego na área de atuação pretendida simplesmente por não entender a importância de um currículo bem-feito. Mesmo com conhecimentos e capacitações, elas podem ficar meses e até anos tentando uma oportunidade.

Na década de 90, a consultoria McKinsey previu que o mundo empresarial disputaria pelos profissionais mais qualificados, ou seja, as vezes não é a falta de vaga e qualificações, mas sim, como você demostra para seus potenciais empregadores.

Certamente o processo de recrutamento e seleção é uma das áreas mais importantes da empresa, por meio dele espera-se encontrar o candidato ideal. Por trás do processo seletivo existe um custo operacional, onde os recrutadores possuem prazos a cumprir. Os prazos exigem que a triagem seja ainda mais otimizada e por isso você e seu currículo precisam ser os mais adequados possível.

 

2 - Preparação

Elaborar um currículo é muito mais do que apenas organizar suas informações profissionais, é refletir e descrever sua jornada profissional e o que você espera para o futuro de modo que sua personalidade também seja traduzida.

Por isso é muito importante se dedicar na preparação do seu currículo, entregando sua melhor versão para aqueles que não te conhecem.

Muitos candidatos cometem o erro de enviar o mesmo currículo para vagas de empregos diferentes. Mas para cada candidatura, é aconselhável criar um novo currículo. 

Ainda assim, a maioria dos usuários prefere criar um currículo genérico e enviá-lo com todos os formulários de emprego.  Para isso você pode fazer pequenos ajustes e alterações nas principais habilidades e tarefas de trabalho descritas. Fique muito atento, pois os recrutadores querem aprender sobre suas habilidades. 

Reflita sobre o seu histórico profissional e pense no que você gosta de fazer, quais tipos de vagas quer trabalhar, quais áreas de atuação das empresas que pretende se candidatar.

O autoconhecimento é extremamente importante, pois os recrutadores querem encontrar o candidato que, além de possuir as competências e capacitações requeridas para a vaga, seja compatível com a empresa.

Quando se decidir por uma vaga, leia a oferta com atenção. Veja o que a empresa espera do profissional, quais funções precisa desempenhar. Qual a formação e experiências requeridas.

No seu currículo, destaque as habilidades que eles procuram e reconheça as necessidades pendentes da empresa. Revise todas as funções que você já desempenhou. E por fim, selecione aquilo que se encaixa na vaga que você deseja.

Muito importante é identificar e construir a imagem profissional que a empresa necessita. Para isso, leia sobre a empresa, sobre seus valores e cultura, e veja se são compatíveis com o que você espera.

 

3 - Design e layout

O layout do currículo é bem importante para a organização e disposição das informações. Segundo o estudo feito pela Zety, 2021, o número considerado ideal para um profissional experiente é de duas páginas. Bem contrário do que a maioria das pessoas acreditam.

Os dados mostraram que um currículo de duas páginas aumenta suas chances em 2,9 vezes de ser escolhido para cargos gerenciais e 1,4 vezes mais para cargos de nível básico.

Mas currículo de uma página funciona para muitos candidatos, principalmente para aqueles com menos experiência de mercado. Cada caso deve ser analisado separadamente.

Se você ainda é um profissional iniciante ou que não tem quase ou nenhuma experiência, não há necessidade de duas páginas. Entretanto, aqui se aplica uma exceção, quando você possui muitas atividades acadêmicas concluídas e vai se candidatar a uma vaga de estágio, você pode descrever todas elas em duas páginas; até porque o recrutador poderá te direcionar melhor. Caso seu currículo fique com 1,5 páginas, tente resumir para uma.

Deste modo, um currículo pode sim ter duas páginas para melhorar suas chances de uma entrevista, mas leve em consideração as suas experiências, evitando informações desnecessárias. 

E fique atento! Em um currículo de duas páginas, é preciso distribuir bem as informações para evitar que o leitor fique sobrecarregado com muito texto. Uma dica é intercalar seu texto usando espaços em branco.

Evite os erros de português!

Segundo dados levantados pela Catho em 2019, 34% dos candidatos à vaga de emprego são eliminados por erros gramaticais. Caso você tenha dificuldades nessa parte, procure alguém que possa te ajudar a fazer uma revisão. Você pode também ativar no word a opção do corretor que indicará ortografia ou concordâncias incorretas.

Mantenha a padronização da formatação

Como margens, tamanho e cor das palavras e fonte. Se na mesma sessão, por exemplo em formação acadêmica, tiver mais de um tópico, termine com ponto e vírgula e assim por diante até a última informação que você pode finalizar com o ponto. Siga este padrão nas outras sessões.

Utilize uma fonte legível, como Arial ou Calibri, no tamanho 11. As margens podem ser de 2,5 que é o padrão usual. Os títulos das seções devem ser destacados, podendo ser em negrito e um pouco maior que o restante do texto.

Preste bastante atenção

Para não repetir as mesmas informações. De preferência, na primeira página deixe sua formação, principais experiências e competências ou habilidades. Posteriormente, poderá inserir suas formações complementares e referências profissionais.

O layout deve ser distribuído

Para que sua página fique corrida e não frente e verso pois, caso você envie o currículo impresso, a parte de trás pode não ser vista ou interpretada como falta de capricho.  Coloque a numeração de páginas, um formato bem claro é aquele que deixa específica qual é a página em relação ao total, por exemplo 1/2.

Já o design vai depender muito do seu gosto

Existem diversos sites para a criação e formatação de currículos, desde os mais elegantes até os mais simples, mas sempre fique atento para a ordem das informações que precisa fazer sentido, uma boa dica é organizar por ordem cronológica, do atual para o menos atual.

 

Na próxima semana você confere mais dicas para preparar o currículo perfeito!

 

Texto escrito por Isabela de Melo Figueiredo, colaboradora da Plataforma Solution.

icone de gota

Artigos Relacionados