Liderança

Conheça os 9 tipos de liderança e suas características

Entenda o impacto que eles têm nos resultados de uma equipe e aprenda a desenvolver a habilidade de liderar

Postado em 7 de fevereiro de 2024

5 minutos de leitura

Nathalia Aparecida Salvador

Conheça os 9 tipos de liderança e suas características
Conheça os 9 tipos de liderança e suas características

Cada líder possui a sua forma de liderar, que varia de acordo com diversos fatores, como o tempo de casa dos membros da equipe e o perfil da empresa - e esses estilos de liderança têm impacto direto no rendimento dos colaboradores.

Afinal, um líder que deixa os funcionários à vontade para a tomada de decisões é bem diferente daquele cuja liderança é pautada pela autoridade. Para ajudá-lo com este tema, no artigo de hoje abordaremos 9 estilos de liderança e suas características.

Mas antes, vamos falar um pouco sobre o significado de liderança. Então, continue a leitura!

O que é liderança?

Liderança é a capacidade de influenciar as pessoas a se unirem, levando-as a trabalharem de determinada maneira em prol de um objetivo comum. Ou seja, tem a ver com a forma como o líder se posiciona e se relaciona com o seu time.

Por isso, o estilo de liderança adotado pelo líder impacta em como as tarefas são executadas, na produtividade dos colaboradores e, inclusive, na maneira como estes se comportam diante dos desafios diários.

LEIA MAIS: 7 atitudes para exercer a liderança por influência

9 estilos de liderança e suas características

Agora que você já sabe o significado de liderança, conheça 9 estilos que podem ser adotados pelo líder, assim como suas características. Confira!

1 - Liderança autocrática

Quando se fala da figura de “chefe”, aquele que é responsável por todas as decisões, que não abre espaço para que os liderados deem suas opiniões e que demanda que suas ordens sejam seguidas à risca, fala-se da liderança autocrática.

Nela, a figura do líder fala e a equipe obedece. Ou seja, é uma liderança vertical. Esse estilo de liderança era mais comum no passado, mas ainda é possível encontrá-la em empresas que prezam pela hierarquia.

Entretanto, esse modelo está caindo em desuso, principalmente porque não favorece o que os profissionais de hoje buscam: estar em um ambiente agradável e estimulante, no qual possam se desenvolver e sentirem satisfação, pessoal e profissional.

2 - Liderança democrática

Ao contrário do estilo autocrático, na liderança democrática as opiniões dos liderados são tão importantes quanto as do líder, sendo levadas em consideração para a tomada de decisões.

Aqui, o desenvolvimento do profissional é valorizado, assim como o bem-estar coletivo, pois dessa maneira se constrói um ambiente de trabalho mais harmonioso e produtivo, aumentando-se o sentimento de pertencimento.

O líder democrático possui a capacidade de elogiar, mas também de reconhecer os erros – porém, pontuando o que se pode melhorar, e não fazendo acusações. Ele é justo e empático, e possui a capacidade de delegar tarefas.

3 - Liderança liberal

Se na liderança democrática os colaboradores participam das decisões junto com o líder, no estilo liberal eles são totalmente responsáveis por elas; os liderados têm liberdade para priorizar tarefas e determinar o que será feito, ou não.

Nesse modelo, o líder deixa os profissionais à vontade, o que pode fazer com que estes se sintam valorizados e desenvolvam senso de responsabilidade. Entretando, a liderança liberal também possui pontos negativos que devem ser olhados com atenção.

Em uma equipe com funcionários que não possuem muita experiência, há uma maior chance de erros serem cometidos, e que os colaboradores se sintam perdidos sem a orientação do líder, gerando baixa produtividade e, consequentemente, resultados negativos.

4 - Liderança motivadora

O líder motivador busca construir um ambiente de trabalho agradável, e faz isso mantendo um relacionamento próximo com os liderados, motivando e auxiliando na execução de suas tarefas diárias.

Esse estilo de liderança determina que colaboradores motivados são mais produtivos, e faz uso de estímulos como feedbacks constantes e críticas construtivas, assim como de recompensas, para mantê-los engajados.

Ao escolher essa forma de liderar, o líder precisa ser capaz de estimular a equipe em momentos de crise, manter a calma ao lidar com problemas e saber usar habilidades de comunicação e inteligência emocional.

5 - Liderança técnica

Tem a ver com ser um exemplo profissional, um líder que motiva ao transmitir a confiança e a certeza de que estão sendo guiados por alguém com profundo saber técnico.

Dessa forma, seguir os passos do líder para a execução de suas atividades diárias se torna algo natural. Isso acontece porque se sabe que ele domina os processos da empresa e as atividades desempenhadas por seus funcionários.

Ele também costuma ser alguém que cresceu dentro da organização justamente pelas suas capacidades, que possui pensamento analítico e é um bom comunicador.

6 - Liderança transformacional

Esse estilo de liderança é caracterizado pela união entre o líder e os seus colaboradores, que juntos trabalham para alcançar os objetivos da equipe. Ou seja, eles se apoiam mutuamente.

A liderança transformacional tem quatro elementos principais: a Influência idealizada – o líder é um exemplo; a Motivação inspirada – os colaboradores se inspiram no líder e isso os motiva; o Estímulo intelectual – a equipe é estimula a adquirir novos conhecimentos e resolver problemas; a Consideração individualizada - as individualidades são levadas em consideração.

7 - Liderança carismática

Optar por este modelo significa liderar por meio do carisma. Para isso, o líder precisa ser alguém otimista, com habilidades de comunicação, empatia, e transmitir confiança para seus liderados.

Na liderança carismática, constrói-se um ambiente de trabalho tranquilo, pautado pela leveza, onde os colaboradores são reconhecidos por seu bom desempenho e valorizados, e todos tratados com igualdade. São características também do líder carismático a habilidade em oratória e uma visão clara.

8 - Liderança coaching

Nesse modelo, o líder preza pelo desenvolvimento das habilidades dos colaboradores, em fazer com que eles tenham domínio do que é preciso para executarem suas tarefas. Ou seja, ele busca construir uma equipe capaz.

Para isso, o líder coach também constrói um ambiente de trabalho positivo, no qual os funcionários se sentem motivados e cooperam uns com os outros. Outra ferramenta muito utilizada é o feedback constante.

Conheça o curso Liderança e Líder Coach, onde você vai compreender a importância do papel do líder na formação e no desenvolvimento de uma equipe de alto desempenho, e desenvolver suas competências de líder coach.

9 - Liderança situacional

Aqui, o líder é capaz de variar a sua forma de liderar de acordo com os funcionários com os quais trabalha, os objetivos da equipe e o momento vivido pela empresa.

Esse tipo de líder precisa ser flexível, já que na liderança situacional existem 4 formas de liderar, que são adotadas de acordo com a senioridade dos membros do time. Confira abaixo:

  • Direção: mais vertical, com o líder tomando as decisões e supervisionando o funcionário, que possui autonomia restrita.

  • Orientação: o líder continua tomando a maioria das decisões, mas há espaço para que o liderado expresse suas opiniões e contribua com as discussões.

  • Apoio: o líder atua como suporte para os colaboradores, que possuem grande autonomia.

  • Autonomia: aqui os funcionários possuem autonomia para decidir como executar suas tarefas, que são delegadas pelo líder.

LEIA MAIS: Liderança remota: 3 atitudes essenciais, desafios e aprendizados

Clique aqui e aprimore as suas habilidades de liderança

Como desenvolver a habilidade de liderança?

Agora que você conheceu esses 9 estilos de liderança, que tal saber o que é preciso para desenvolver essa habilidade fundamental para quem ocupa cargos de gestão, mas que faz a diferença na carreira de todos os profissionais?

Os cursos online voltados à liderança podem ser seus aliados nessa tarefa – afinal, permitem que você estude a qualquer hora, em qualquer lugar, e adquira conhecimento de qualidade.

Confira o curso Gestão de Equipes de Alta Performance, ministrado pela professora Denise de Moura, e aprenda como formar e manter uma equipe de alta performance, gerenciar o desempenho individual e da equipe, gerenciar conflitos e reconhecer conquistas.

Esse conteúdo faz parte da assinatura Solution Plus, nosso streaming de cursos online que vai ajudar você a desenvolver e aprimorar as hard e soft skills que vão impulsionar a sua carreira. Clique aqui e saiba mais.

LEIA MAIS: 7 filmes para inspirar a sua liderança

Se você gostou do artigo de hoje, não se esqueça de compartilhá-lo nas suas redes sociais!

Receba em seu e-mail as novidades Solution

Pessoa sorrindo

Receba em seu e-mail as novidades Solution

Receba novidades do Solution em seu e-mail

O Pecege é uma organização com mais de 20 anos que tem o objetivo de democratizar o conhecimento para contribuir com o desenvolvimento econômico, social e cultural. Possui mais de 1200 profissionais associados, doutores, mestres, especialistas e livre-docentes. Entre as suas iniciativas em cursos e treinamentos estão os MBAs USP/Esalq, cursos de graduação, educação corporativa e cursos livres. A Plataforma Solution nasce em 2018, como uma das soluções Pecege, a fim de oferecer conhecimento aplicável às demandas do mercado atual e ágil para capacitar profissionais em diversas áreas do conhecimento.

Whatsapp