Gestão

Liderança e comunicação: conceitos essenciais para uma boa gestão

Postado em 17 de dezembro de 2020

4 minutos de leitura

Caroline Giantomaso

Liderança e comunicação: conceitos essenciais para uma boa gestão
Liderança e comunicação: conceitos essenciais para uma boa gestão

Organizações são compostas de pessoas e ter eficiência na gestão do capital humano é pré-requisito para prosperar no mercado. Liderança e comunicação andam lado a lado nesse processo, por isso todo líder deve desenvolver a capacidade de se comunicar de forma eficaz.

Ser um líder é muito mais do que delegar tarefas e checar no final se tudo foi feito. É, entre outras coisas, saber ensinar a maneira que aquilo deve ser executado para alcançar os resultados esperados, acompanhar o processo de execução e, além disso, conseguir enxergar possíveis problemas com os colaboradores que podem afetar o trabalho.

Todo bom líder deve ter a capacidade de passar confiança à equipe. Isso traz resultados a longo prazo, como toda boa gestão. Liderança e comunicação andam de mãos dadas nesse processo para alcançar o sucesso da organização.

O blog da Plataforma Solution separou quatro características essenciais que um bom líder deve ter para se comunicar bem e, consequentemente, alcançar bons resultados na gestão da empresa. Confira!

Autoconfiança

Antes de mais nada, as pessoas confiam em líderes – e esse é um dos motivos que eles estão em seus postos, sejam eles de líder corporativo, político, ideológico ou o que for. Portanto, uma característica de um bom líder é ter confiança, mas, para além disso, deixá-la transparecer.

Falando especificamente do ambiente corporativo, a imagem que o líder de uma equipe deve passar é de que ele, no mínimo, sabe o que está fazendo e é bom naquilo. E por isso a comunicação e liderança andam de mãos dadas, não adianta saber fazer se não tiver a autoconfiança suficiente para demonstrar que sabe.

Tudo sem exagero, é claro. Ninguém gosta de pessoas que se gabam demais, é preciso ter equilíbrio. Mas a falsa modéstia também é algo condenável. Se você tem conhecimento, mostre que sabe – e mais ainda – que está disposto a ajudar seus liderados a aprenderem também.

Sensibilidade

O bom líder tem a sensibilidade de entender cada membro da sua equipe para trabalhar com a individualidade de cada um. É importante saber o momento certo para dar um feedback negativo, fazer uma correção ou sugerir alguma melhoria.

Unir liderança e comunicação também quer dizer entender os limites da equipe para não os ultrapassar e, consequentemente, gerar estresse. Por exemplo, se você está envolvido com seus liderados e sabe que alguns deles estão tendo dificuldades com alguma ferramenta, de repente não é a melhor hora para fazer uma crítica sobre isso.

Nesse exemplo, o ideal seria, inclusive, auxiliar seu liderado para que ele entenda a ferramenta. Em vez de receber com julgamentos sua equipe, por que não a ajudar a melhorar o processo que está com algum problema? O ideal é sempre buscar a solução, e não reiterar o problema.

Sabedoria para delegar tarefas

Os líderes são conhecidos como aqueles que mandam o que o restante deve fazer e depois voltam para saber os resultados. No entanto, essa visão de uma liderança autocrática já é ultrapassada e chega a ser tóxica na realidade atual.

De fato, o líder delega tarefas, mas não de forma mandatória. É preciso que a comunicação seja efetiva durante esse processo para não haver inconvenientes ou enganos. Erros na emissão e recepção da mensagem podem ficar muito maiores se não esclarecidos logo cedo.

Portanto, nesse caso unir liderança e comunicação quer dizer delegar as tarefas de forma que o colaborador entenda perfeitamente o que deve ser feito, saiba os objetivos e expectativas sobre aquilo. Além disso, é aconselhável que o líder esteja sempre perto para responder dúvidas e fazer parte do processo.

Antes de tudo, porém, o líder deve criar uma relação boa com sua equipe para que todos tenham liberdade de perguntar, conversar, opinar, debater… enfim. Se não houver esse tipo de diálogo, a dinâmica de delegar tarefas não vai funcionar.

Clareza e objetividade

Essa última característica deve ser comum não só aos líderes, mas a todos que trabalham na organização. É preciso ter clareza e objetividade ao se comunicar para evitar mal-entendidos e, consequentemente, desconfortos por mensagens erradas.

Para o líder é duplamente importante ter clareza, isto é, falar para todos da equipe entenderem e sem deixar brechas para erros de interpretação. A objetividade é igualmente importante nesse contexto. Imagine só um líder utilizando metáforas e palavras difíceis, falando de forma subjetiva… Causa desconforto.

Isso não quer dizer que liderança é semelhante a se comunicar de forma impessoal. Gerir uma equipe requer “jogo de cintura” para lidar com as mais variadas situações e, para isso, o líder deve conhecer bem a todos que lidera. Contudo, no momento de passar uma mensagem, a objetividade é imprescindível.

O papel da equipe

Se o líder está onde está, é porque se dedicou e tem motivos para ser encarregado de gerir uma equipe. Por isso, é papel dos membros dela se empenharem e, também, se comunicarem de forma efetiva entre eles.

Antes de mais nada, o papel do liderado é questionar. Não questionar as decisões do líder – confiança é essencial – mas perguntar tudo que não souber ou não entender. Somente assim a comunicação será efetiva entre todos dentro da empresa. O medo de perguntar não deve ser uma realidade.

A equipe também deve notificar o líder de algum problema nos processos produtivos ou qualquer inconveniente com outros funcionários. Partindo de um cenário que a empresa dá abertura a esse tipo de notificação, ele deve ser utilizado de forma sábia.

Resumidamente, uma empresa que prospera tem líderes e colaboradores que se comunicam de forma eficaz. É função da empresa criar uma cultura organizacional que incentive o trabalho em equipe e a comunicação entre os funcionários, assim, é possível solucionar pequenos problemas antes que tomem grandes proporções difíceis de serem resolvidas.

Se interessou? Leia também A importância da comunicação para o desenvolvimento pessoal.

Receba em seu e-mail as novidades Solution

Pessoa sorrindo

Receba em seu e-mail as novidades Solution

Receba novidades do Solution em seu e-mail

O Pecege é uma organização com mais de 20 anos que tem o objetivo de democratizar o conhecimento para contribuir com o desenvolvimento econômico, social e cultural. Possui mais de 1200 profissionais associados, doutores, mestres, especialistas e livre-docentes. Entre as suas iniciativas em cursos e treinamentos estão os MBAs USP/Esalq, cursos de graduação, educação corporativa e cursos livres. A Plataforma Solution nasce em 2018, como uma das soluções Pecege, a fim de oferecer conhecimento aplicável às demandas do mercado atual e ágil para capacitar profissionais em diversas áreas do conhecimento.

Whatsapp