Blog

Como priorizar tarefas: comece criando bons hábitos

Categorias: DicasAtualidades

As 24 horas do seu dia não são suficientes para fazer tudo o que você precisa ou gostaria de fazer? Sente que a cada dia fica mais difícil reservar um tempo para cumprir as atividades do trabalho ou o lazer junto da família e dos amigos?

Essa percepção não é exclusiva.

“Não ter tempo para nada” é resultado de uma série de comportamentos que nos impedem de criar bons hábitos e de priorizar tarefas. E para lidar com esse sentimento, é por aí que devemos começar.

Todos temos hábitos, e muitos deles em comum – como levar e buscar os filhos na escola, fazer atividade física, checar as redes sociais, cozinhar e cuidar da casa, entre tantos outros. O que nos diferencia é a forma como os priorizamos.

Então, se você quer transformar o seu dia a dia e a sua forma de administrar o tempo a partir de novos hábitos, continue a leitura!

Você também pode gostar das nossas dicas para descomplicar tarefas e produzir mais com a Matriz de Eisenhower.

 

Antes de tudo, o que são hábitos?

Hábitos são as ações que repetimos diariamente e que se tornaram um costume. São divididos entre bons e ruins, mas podem ser mudados conforme a vontade da pessoa, desde que haja determinação.

Por exemplo: o que é melhor fazermos após o trabalho – caminhar ou jogar videogame? Claro que devemos ter espaço em nossas rotinas para atividades que nos são prazerosas – mas a grande questão está na prioridade que damos a elas.

Segundo Charles Duhigg, autor do livro O Poder do Hábito – exemplificado no vídeo do canal Epifania Experiência –, para uma ação se tornar um hábito, ela tem que passar por um processo composto por três etapas: deixa, rotina e recompensa.

A deixa é o acontecimento que nos faz começar determinada atividade – como colocar a roupa e o tênis de caminhada em uma cadeira ao lado da escrivaninha, caso você esteja em home office. Dessa forma, você irá associar o fim do expediente ao início do exercício.

Já a rotina vem da repetição, seguida da recompensa – como se permitir comer um pedaço de chocolate após a caminhada. E, com o tempo, o ato de se recompensar não será mais preciso.

Isso porque o cérebro passa a misturar a deixa com a recompensa, e a atividade física se torna um bom hábito.

Confira 7 hábitos para você incorporar em sua rotina ainda neste ano!  

 

Alguns passos para se criar bons hábitos

Para o jornalista James Clear, no livro “Hábitos Atômicos: Um Método Fácil e Comprovado de Criar Bons Hábitos e Se Livrar dos Maus”, é importante associarmos todo bom hábito a algo prazeroso.

E para adaptar-se à nova atividade é necessário que a prática seja constante, repetida diariamente – mesmo que nem sempre de maneira perfeita –, até que ela se torne algo natural.

Outra dica do autor é ter sempre em mente os resultados a longo prazo que aquela prática trará para a sua vida, como um juros acumulado. Já parou para pensar em quantos livros você conseguiria ler em um ano se dedicando a ler dez páginas por dia?

Também, reflita sobre seu comportamento e quais são as atitudes que te levam aos maus hábitos. Conversar com você mesmo sobre seus objetivos e como alcançá-los também é um passo importante para se alcançar a mudança.

Nossa dica: que tal usar as micro tarefas para começar e concluir todos os seus objetivos?

 

Como priorizar tarefas

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre como incorporar bons hábitos à sua vida, vamos falar a respeito da importância de saber priorizar tarefas, principalmente no ambiente de trabalho, que costuma ser a principal obrigação diária das pessoas.

Isso porque é nele que passamos no mínimo 8 horas de nossos dias, e onde muitas pessoas encontram dificuldades na hora de administrar esse tempo, deixando de cumprir suas tarefas com eficiência.

O trabalho também está à mercê dos maus hábitos, como pausas excessivas para o famoso cafezinho e a necessidade de conferir constantemente aplicativos de mensagens e as redes sociais. Tudo isso consome parte do tempo hábil do trabalhador.

Leia também Falta de tempo ou falta de prioridade: o que mais atrapalha o desempenho das pessoas?

 

Na prática

Como já falamos aqui no blog sobre a Técnica Pomodoro (que estimula o foco ao dividir as tarefas em blocos) e o Método Kanban (visualização das etapas de um processo), resolvemos trazer algumas dicas para priorizar tarefas:

- Faça uma lista anotando todas as suas obrigações do dia;

- Estabeleça o tempo necessário para a execução de cada uma;

- Deixe claro os prazos de entrega.

Com essas informações em mãos, você conseguirá compreender quais são os afazeres mais urgentes no seu dia de trabalho, administrando o seu tempo de forma a cumpri-los com competência.

Da mesma forma, incorporar esse modelo de gestão de tempo ao seu dia a dia pode ser a porta de entrada para que você tenha uma rotina mais saudável e menos estressante.

Ah! Não se esqueça de reservar um tempo em sua agenda para seus pequenos prazeres, como assistir à sua série preferida ou testar aquela receita que você viu em um site. Momentos assim são necessários para trazer equilíbrio em nossas vidas.

 

E aí, gostou de aprender um pouco mais sobre como criar bons hábitos e priorizar tarefas? Então não deixe de compartilhar essas dicas com seus colegas de trabalho e amigos!

Conheça também o nosso curso de Mindfulness e desenvolva habilidades para melhorar sua saúde e desempenho profissional.