Conheça seu perfil de líder para gerenciar equipes

Identificar o seu próprio perfil de líder é uma tarefa que demanda muito autoconhecimento. Contudo, é possível avaliar alguns padrões e reconhecer características que ajudam nesse processo.

Pensando nisso, conversamos com a professora Denise de Moura, dos cursos de Liderança e Líder Coach e Comportamento Organizacional, da Plataforma Solution, sobre as três principais categorias de líderes.

Líder autoritário

De postura centralizadora, esse perfil de líder toma decisões, geralmente, baseadas exclusivamente em suas percepções e acredita que as soluções só aparecem quando os colaboradores estão sob pressão. A escuta ativa deste perfil é muito baixa ou inexistente.

Em curto prazo, o líder autoritário pode até obter alguns resultados, como agilidade nas decisões que dependem somente dele. Mas em médio e longo prazo, ele pode levar a equipe à exaustão.

“Este perfil de líder acaba criando muita tensão e estresse entre as pessoas. E aí, quando ele se ausenta, pode ocorrer, inclusive, baixa produtividade por parte do time, que se acostumou apenas a obedecer ao que é exigido”, explica Denise. “As pessoas trabalham acuadas e, muitas vezes, têm medo de perderem seus empregos. Não há respeito, apenas obediência.”

O líder autoritário pode se tornar um gestor tóxico. Por isso, vale ficar de olho em algumas características para evitar.

  • Supervisão abusiva (exige retrabalho sem nenhum fundamento)
  • Discurso diferente da prática (é receptivo, mas não aceita nenhuma opinião diferente)
  • Pressão por resultados (às vezes de forma ameaçadora e ríspida)
  • Dificuldade de dar crédito e feedback
  • Dificuldade de comunicação

Líder liberal

Descentralização e pouca burocracia ajudam a definir o perfil de líder liberal. Como ele delega a maior parte dos processos, acaba sendo mais um facilitador e os colaboradores têm liberdade para tomar decisões.

Tudo isso pode parecer muito bom, mas para ocorrer com efetividade, exige maturidade e conhecimento profundo dos processos por parte dos funcionários. E é aí que esse tipo de liderança tem desvantagens: nem todas as pessoas estão preparadas para o líder liberal.

Muitos profissionais ainda preferem um estilo mais diretivo (diferente do autocrático) que diz exatamente o que elas precisam fazer. “Caso o time não tenha maturidade suficiente, sentirá falta de orientação que, consequentemente, pode prejudicar a produtividade”, comenta a professora.

Líder situacional

Como o próprio nome já diz, o líder situacional não se prende a um estilo único de liderança. Sua gestão leva em consideração o nível de maturidade da equipe e os contextos de cada situação, em diferentes cenários. Por isso, é essencial conhecer cada membro do time.

Esse conhecimento serve para que o líder seja diretivo e diga às pessoas exatamente o que fazer, quando perceber insegurança de alguns colaboradores durante os processos de trabalho. “Um exemplo dessa situação é um funcionário que acabou de entrar na equipe. O líder precisa dar mais atenção para essa pessoa, passando orientações”, destaca.

Por outro lado, este perfil de líder pode agir como um tipo de coach ao perceber que o time está precisando ganhar autoconfiança. “Em vez de dar as respostas, o gestor estimula os envolvidos a trazerem soluções para os problemas. Assim, as pessoas ganham competência e confiança de que podem realizar um trabalho”, exemplifica Denise.

Com uma equipe competente e confiante, o líder situacional pode assumir a postura do apoiador e partilhar responsabilidades e tomadas de decisão. Por fim, Denise enfatiza que, para equipes mais maduras e de alto desempenho, ele pode delegar e passar a maior parte das responsabilidades para os colaboradores. “O líder continua acompanhando o progresso de todo o time, mas fica menos envolvido nas decisões”, ressalta.

O líder situacional sabe lidar com situações diversas, utilizando diferentes estratégias para tratar as questões. Nos dias atuais, de rápidas mudanças, sobretudo tecnológicas, é necessário que o líder tenha flexibilidade e saiba se adaptar a múltiplos cenários.

Qual o seu perfil de líder? Comente! 😀