Por que aprender Python?

Artigo

Lucas Guerreiro e Orlando Saraiva do Nascimento Júnior

 

Não é de hoje que saber uma linguagem de programação se tornou um pré-requisito essencial para profissionais de qualquer área. Essa nova onda de saber programação como habilidade, assim como português e matemática, tem se tornado cada vez mais comum, principalmente a partir da década de 2010.

Com essa percepção cada vez mais profissionais dos mais diversos campos e qualificações estão passando a dedicar seu tempo a aprender sobre programação e se aprofundam mais no assunto.

Após tomar a decisão de aprender sobre programação, seja para poder melhorar seu dia a dia ou mesmo para iniciar os passos em outra carreira, a próxima dúvida que surge é: qual linguagem de programação devo aprender? Uma excelente escolha para essas pessoas é a linguagem Python.

Python é uma das linguagens mais populares hoje em dia. Apesar de ter sido criada há aproximadamente 30 anos, ela começou a se tornar mais usada nos últimos anos devido a grande variedade de aplicações, podendo ser utilizada desde aplicações mais simples até aplicações em sistemas mais complexos como Machine Learning.

Além da sua popularidade, destacada acima, Python é uma linguagem interessante para iniciantes por 3 motivos principais: (1) alta aplicabilidade, (2) diversos recursos disponíveis, e (3) facilidade em aprender.

 

  1. Alta aplicabilidade

A linguagem Python pode ser utilizada nos mais diversos tipos de aplicações. Podemos destacar:

  • Programas de computação simples: é possível construir um programa para cálculo de impostos, por exemplo, em poucas linhas de código, automatizando cálculos que eram feitos manualmente;
  • Operações com planilhas eletrônicas: apesar de planilhas eletrônicas terem muitos recursos, pode-se fazer uso do Python para construir programas que automatizam ainda mais seu uso, sendo um aliado do Excel, por exemplo;
  • Sistemas Web: podemos fazer uso dos recursos Python para processar parte ou mesmo a totalidade de recursos para sistemas Web, tanto para manter um backend consistente para controle e acesso a bases de dados, ou ainda, com o uso de frameworks como Django ou Flask para interagir com diversas aplicações Web;
  • Data Science e Machine Learning: Python é ainda uma ótima linguagem para aqueles que desejam iniciar sua aprendizagem sobre tecnologias emergentes como: Data Science, Machine Learning e Data Science. Existem centenas de ferramentas que podem auxiliar a desenvolver aplicações de Machine Learning, levando programadores com conhecimento, mesmo que básico, da linguagem a construir sistemas de predição ou classificação, por exemplo, ou ainda visualizar dados com esses recursos que a linguagem e suas bibliotecas fornecem.

 

  1. Recursos da Linguagem

Para construir programas complexos não é necessário (nem recomendável) que se construa tudo do zero. Existem diversas bibliotecas disponíveis que auxiliam e facilitam o desenvolvimento de programas em Python, os quais permitem criar aplicações ainda mais complexas fazendo uso de tais recursos, e a alta disponibilidade de bibliotecas é um dos motivos que tornou a linguagem tão popular. Já imaginou ter que desenvolver toda a aplicação para construir um gráfico? Ou ainda criar todos os mecanismos necessários para interagir com o sistema operacional e acessar uma planilha do Excel? Com bibliotecas como matplotlib e openpyxl, não é necessário se preocupar com esses problemas, basta integrar as bibliotecas às aplicações.

Além disso, é muito comum para programadores iniciantes (ou mesmo aqueles mais experientes) esbarrar em alguma dificuldade durante o desenvolvimento de programas em qualquer linguagem. Assim, um fator que diferencia a linguagem Python entre as outras disponíveis no mercado, é o tamanho de sua comunidade. Conseguimos encontrar facilmente a solução para seus problemas - ou pelo menos o caminho para chegar lá ao pesquisar em sites e fóruns, por exemplo, o StackOverflow, e devido ao grande número de desenvolvedores de Python que já responderam às questões.

 

  1. Facilidade em Aprender

Para aqueles que veem todas as aplicações e recursos disponíveis em Python, o primeiro pensamento que pode vir a cabeça é "deve ser muito difícil aprender a programar" ou "eu vou demorar muito para construir algo em Python". A boa notícia é que nada disso é verdade. Python é uma das linguagens mais fáceis de se aprender e, ainda, é possível criar programas bem úteis com poucas linhas de código.

Tudo isso se deve à ótima legibilidade e à sintaxe (gramática da linguagem) simples. Com conhecimentos básicos em inglês é possível entender o que um algoritmo está fazendo e alterar e replicar esses códigos facilmente.

A biblioteca padrão da linguagem possui recursos que permitem construir diversos tipos de aplicações sem a necessidade de instalar qualquer complemento antes de sair programando. Adiciona-se à eficiência da linguagem, a qual permite executar aplicações rápidas a partir de qualquer computador ou sistema operacional.

Dessa forma, o curso Python para Gestores busca incorporar os conceitos introdutórios de Python para que gestores e todos àqueles que tenham interesse se iniciem na área de programação com a linguagem Python, aprendendo desde os conceitos básicos até programas mais complexos para gestão de planilhas.

 

Gostou do artigo dos Professores Lucas e Orlando? Confira as aplicações desses conceitos no curso de Python para Gestores disponível na Platorma Solution.

Comentários
Nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar. Escreva seu comentário abaixo e contribua com a geração do conhecimento peça a peça.
Entrar para comentar

Você gostou deste conteúdo?