filmes podem inspirar liderança

A liderança, quando bem utilizada, pode fazer a diferença em várias ações da vida. Desde o gerenciamento familiar, passando pela escola até o trabalho, a habilidade de ser líder auxilia a manter em pleno funcionamento grupos de sucesso, sejam eles pequenos ou não.

Provando que liderança não é algo reservado apenas ao ambiente profissional, alguns filmes dão lições de condução e servem como inspiração para quem deseja liderar. Seja baseado em fatos reais ou não, suas histórias marcam pelo ensinamento de forma sutil ou aberta. Confira alguns deles.

Vida de inseto

Acredite ou não, uma animação é capaz de passar grandes lições. A aventura tão amada de 1998 tem dois exemplos de liderança: a democrática e a autocrática.

A primeira é incorporada por um grupo de formigas, que faz jus à sua fama de exemplo de organização. A segunda se refere aos gafanhotos, que são dependentes do seu líder autoritário e opressor.

Nesta história é mostrado como é possível superar dificuldades, orientar a outras pessoas e solucionar problemas com suas próprias capacidades, mesmo com limitações.

Sociedade dos poetas mortos

O longa tem a trama centrada em uma das escolas mais tradicionais dos EUA, nos anos 1950. Nela, um novo professor chega com uma forma de ensino diferente e estimula os alunos a pensarem por si próprios.

Além de ser um filme sobre liderança, a obra também traz reflexões sobre a vida. São mostradas lições sobre empatia, autoconhecimento, motivação e o poder da comunicação.

Uma das cenas que concentram tais lições acontece quando o professor, em cima de uma mesa, convida os alunos a fazerem o mesmo. O educador conclui a ação dizendo: “Ousem avançar e encontrar novos pontos de vista!”.

Capitão Phillips

Baseado em uma história real, o longa faz parte dos fatos relatados em livro (Dever de Capitão) por Richard Phillips. Nele, o navio cargueiro em que Phillips era capitão foi invadido por piratas somalis e toda a tripulação foi feita refém durante cinco dias.

A filmagem mostra que ser um líder ou demonstrar liderança no trabalho vai muito além dos bons exemplos. O seu comportamento e posicionamento diante das mais diversas situações serão determinantes para engajar e estimular (ou não) uma equipe.

Mais do que coragem e jogo de cintura, um líder se mantém calmo e seguro para garantir que o melhor seja feito por sua equipe.

Coach Carter

Ken Carter é um ex-jogador de basquete que assumiu o desafio de liderar o time dos Oilers High School de Richmond, em 1997. O grande trunfo de Carter como líder foi perceber que a performance dos jogadores do time estava diretamente ligada ao contexto problemático no qual estavam inseridos.

Com atletas indisciplinados, agressivos, insubordinados e indiferentes, o time acumulava derrotas. Em uma reviravolta, o treinador garantiu o alinhamento de expectativa e de propósito entre os jogadores, levando em conta a vida que cada um deles fora das quadras.

Dessa forma, em apenas dois anos o time sofre grandes mudanças. Acumulando vitórias e deixando de lado seu estereótipo azarão.

O homem que mudou o jogo

Mais um filme sobre esporte, este conta como um treinador consegue levar um time de beisebol para a final e transformar os jogadores em campeões. Claro que tudo isso por meios pouco ortodoxos.

O longa traz alguns clichês esportivos, mas a grande deixa para inspirar os treinamentos de liderança está justamente no perfil do treinador. Ele consegue escutar as mudanças sugeridas por um economista e transformar os dados em informações para engajar o time.

A principal lição da história é inspirar a encontrar valor onde ninguém vê para criar um time de alta performance.

O Discurso do Rei

O filme aborda uma dificuldade aparentemente física que interfere no papel de liderança vivenciado pelo seu personagem principal – o rei George VI (pai da rainha Elizabeth II).

Integrante da realeza britânica, ele assume o trono e deve realizar discursos, mas gagueja desde os 4 anos de idade. Por esse caminho, a narrativa é cheia de autoconhecimento e descoberta, revelando como os aspectos psicológicos interferem na fala, na fluência verbal, na linguagem e expressão de ideias e pensamentos.

Logo, fica claro como a comunicação é importante e um elemento estritamente ligado à capacidade de liderança.

Obrigado por fumar

Nesta obra cinematográfica, um porta-voz das grandes empresas de tabaco tem que convencer as pessoas de que o cigarro não é tão ruim assim. Para isso, Nick precisa lidar com personagens de fortes valores pessoais.

Obrigado por fumar é de longe um filme a favor do cigarro, pois sua preocupação é destacar uma das qualidades de um bom líder: a comunicação. Seguida de uma boa oratória, discurso seguro e frases de efeito, ela é capaz de mover grandes grupos.

Além disso, o longa mostra que a comunicação não verbal, o tom de voz, gestos, sorriso e visual também compõem uma boa imagem profissional.

Já viu algum desses filmes? Deixe nos comentários mais sugestões de obras que falem sobre liderança.

  • curso de liderança e líder coach
  • dicas
  • filmes sobre liderança
  • liderança