Saiba como separar a vida pessoal da profissional

Após um dia de muito trabalho, nada mais justo do que voltar para casa e ter um merecido descanso. Aliás, nem sempre, uma vez que muitos não sabem separar a vida pessoal da profissional. Em vez de se desligar e descansar para o próximo dia, continuam respondendo e-mails, marcando reuniões e adiantando relatórios.

Nisso, o padrão de 8 ou 9 horas diárias é dobrado e a própria casa se torna um segundo escritório. Portanto, o lugar que deveria ser acolhedor e relaxante parece mais uma extensão da exaustiva rotina de trabalho.

Os resultados disso não podem ser outros. Aos poucos os desgastes emocionais se tornam visíveis e problemas de saúde nascem ligados a esse hábito. Além disso, levar os problemas de trabalho para casa impacta fortemente nas relações familiares e sociais.

O vilão fora de casa

É fácil identificar o principal motivo para não conseguir separar a vida pessoal da profissional. Ele está no rendimento e na organização do trabalho. Estes, quando bem planejados, não precisarão ser feitos após o expediente. Do contrário, o trabalho vai embora com você para casa ou não deixará sua mente descansar bem até a próxima jornada.  

O primeiro passo – e com certeza o mais importante – é adotar metodologias de organização por prioridade de tarefas. Existem diversos processos que ajudam nesse sentido, basta procurar o que mais se encaixa ou adequa ao comportamento profissional. 

Temos algumas dicas e métodos para aplicar no trabalho e aumentar a produtividade, sem afetar sua relação com o descanso. Antes de tudo, entenda como melhorar a concentração no trabalho e saiba como utilizar as micro tarefas para alcançar seus objetivos.

Lembre-se que captar todo o trabalho para você pode não ser um bom caminho, uma vez que trabalhar demais, mesmo em casa, não significa mais produtividade.

Dito isso, existem mais dicas para segurar a vontade de levar os assuntos corporativos para casa. Confira a seguir:

Não cheque e-mails

É impossível se desligar do trabalho checando o tempo todo o que acontece na sua caixa de e-mail. Pode passar uma imagem mais comprometida quando temos o inbox corporativo no celular, notebook e tablet pessoais, mas eles são uma tentação para estar o tempo todo em produção.

Obviamente, esse é um erro para quem deseja separar a vida pessoal da profissional, ainda que a intenção seja não responder o e-mail quando ele chega. Ler o conteúdo, ou só o assunto da mensagem, já é o suficiente para despertar preocupações desnecessárias e te levar a tentar resolver a situação logo.

Comprometimento

Sim, seja comprometido com as tarefas e tente realizá-las no tempo estipulado. Caso não seja possível, analise novamente as prioridades e coloque a obrigação na lista para o dia seguinte, mas não pense em levar ela para casa. Aliás, se a sua vontade é não levar trabalho para o descanso, seja comprometido para realizar isso também.

Disciplinar a si mesmo para aproveitar de fato os momentos de lazer é uma obrigação que somente você pode se impor. Portanto, ao mínimo sinal de prolongamento do expediente, coloque na frente outra atividade que seja prazerosa e não tenha nada a ver com o trabalho. Esporte, sair para jantar, ouvir músicas, ver filmes, dia de beleza, que tal essas opções?

Aproveite os momentos

Sabe quando as pessoas falam sobre apreciar as pequenas coisas? Pois bem, separar a vida pessoal da profissional tem muito a ver com isso. Um passeio com o cachorro, um jantar com a família, uma boa leitura, um cuidado de spa caseiro, a visita de algum amigo, enfim, pequenas ações prazerosas são suficientes para melhorar a relação que você tem com o descanso.

No momento em que a atenção está voltada para coisas satisfatórias, o cérebro se desliga das obrigações do trabalho. Inclusive, alguns estudos apontam que a qualidade de vida e produtividade, mesmo no emprego, está ligada ao lazer. Por isso algumas empresas investem em espaços que ofereçam momentos relaxantes para os funcionários. Logo, por que não ter esse tempo em casa também?

Reveja tarefas

Você até é uma pessoa que se planeja bem, mas ainda anda levando trabalho para casa por falta de tempo para fazer tudo que precisa antes do fim do expediente. Então está na hora de comunicar ao seu gestor sobre suas funções e como elas o estão sobrecarregando. Tente demonstrar que uma equipe pode ser o braço necessário para certos assuntos.

Apesar de parecer um sinal de fraqueza para muitos, trazer esse assunto na verdade é um ponto precioso para melhorar sua saúde e qualidade de vida. Não ache que se sobrecarregar garantirá sua vaga no emprego, pelo contrário, isso pode prejudicar a sua produtividade. Antes que algo grave afete seu trabalho, avalie suas funções e veja a melhor forma de separar a vida pessoal da profissional.

Como anda sua relação com o descanso e trabalho? Conte pra gente 😉