Mauro Osaki

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre em Ciência Econômica Aplicada pela Escola Superior da Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo e Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Paraná. Técnico Especialista Superior do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Esalq/USP e pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), concentrando os estudos na área de pesquisa de gestão de propriedade rural e análise econômica do setor de grãos e insumos agrícolas. Membro do Agribenchmark Cash Crop apoiada pelo instituto Johann Heinrich von Thünen-Institut (vTI) da Alemanha. Palestrante, conferencista, debatedor em inúmeros eventos em todo o Brasil e no exterior.

Carlos Roberto Campos

Especialista em Gestão de Projetos. Pós-graduado em Gestão Industrial e em Metodologias para Gestão e Educação a Distância. Tecnólogo em Logística e Administrador. Filiado ao Conselho Regional de Administração do Estado de São Paulo. Professor associado na Esalq/USP e em diversas faculdades e universidades. Atualmente é PMO Operacional no Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo. Há mais de 17 anos atua como consultor de gestão de projetos, logística e produção. Voluntário dos projetos sociais do PMI São Paulo.

Haroldo José Torres da Silva

Economista pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Economia Aplicada pela Universidade de São Paulo (USP/Esalq). Doutorando em Economia Aplicada pela USP/Esalq. Coordenador acadêmico do MBA USP/Esalq em Gestão de Negócios. Gestor de projetos do Pecege.
Trabalhos recentes: Evolution of Production Costs in Brazilian Sugar-Energy Sector. In: XX International Consortium on Applied Bioeconomy Research (ICABR); Ethanol production cost in Brazil fall not enough to produce profits. F.O. Licht’s World Ethanol & Biofuels Report; Cálculos de índices de inflação da agroindústria sucroalcooleira na região produtora Centro-Sul tradicional do Brasil – Fapesp; Levantamento dos custos de processamento de laranja no Estado de São Paulo – FAESP e Estudo da viabilidade econômico-financeira da indústria de citros: impactos da criação de um conselho setorial – Fapesp.