Dicas

Nathalia Aparecida Salvador
4 minutos de leitura
Escrito dia 12/01/2022



Se o peso das obrigações diárias te causa estresse, dores no corpo e até mesmo crises de ansiedade, a meditação guiada pode ser a solução para esses – e até mesmo outros – problemas.

Diferentemente da meditação tradicional, a meditação guiada tem como ponto principal a autoconsciência do corpo e da mente, fazendo com que o indivíduo foque no momento presente.

A prática consiste na voz – presencial ou gravada – de um instrutor guiando o praticante em suas respirações até o relaxamento, podendo também conduzir sua mente a visualizar determinado local ou experienciar alguma sensação. Como o nosso cérebro não sabe separar o que é real do que foi imaginado, aquele momento se torna uma verdade.

 

Benefícios da meditação guiada

São vários os benefícios da meditação guiada, que podem ser tanto físicos – ajudando no controle da hipertensão e melhora do sono, por exemplo – quanto emocionais – como a capacidade de focar no presente e o aumento da tolerância e da criatividade.

É claro que esses pontos não são alcançados da noite para o dia. Como uma atividade física, é necessário que a pessoa tenha comprometimento com esse exercício e o pratique constantemente. Com o passar do tempo, os resultados virão.

A meditação guiada também é uma grande aliada no combate à ansiedade e depressão, mas você deve saber que ela não substitui os tratamentos tradicionais, e sim os complementa.

 

Como começar a praticar a meditação guiada

Se você deseja entrar nesse mundo, mas não quer gastar dinheiro com aulas ao vivo – sejam elas presenciais ou online –, uma dica que damos é o uso de aplicativos voltados à meditação guiada, como o Aura e o Medite.se.

O Youtube também apresenta diversos conteúdos centrados nesse exercício, que vão te ajudar a começar a praticar a meditação guiada – alguns focando em meditações mais curtas, com cerca de 5 minutos, e outros em mais longas.

O importante é que você encontre o estilo que mais se adequa a você e invista nele – e não desanime caso isso não aconteça de primeira. Lembre-se de que tudo faz parte do aprendizado, portanto, continue sua busca.

 

O mindfulness

Uma das técnicas de meditação guiada mais populares atualmente é a mindfulness (traduzida para o português como “atenção plena”), e que tem como objetivo trazer o praticante para o momento presente.

Já publicamos aqui no blog um artigo explicando como fazer a meditação mindfulness, que você confere nesse link aqui. Além disso, não deixe de conhecer também o nosso curso de mindfulness, focado na saúde e desempenho profissional.

O mindfulness permite que o praticante melhore a sua concentração e se desprenda de rótulos, julgando menos coisas e pessoas. A prática também contribui para o autoconhecimento e controle da impulsividade.

Agora vamos falar sobre técnicas de mindfulness para além da meditação que você pode incluir no seu dia a dia, que vão te ajudar a manter o foco e, consequentemente, ser melhor naquilo que se propõe a fazer.

Aproveitar os momentos de espera:

Todo mundo já ficou preso em uma fila. Nessas horas não há muito o que fazer, e hoje em dia costumamos preencher esse período mexendo no celular.

O que propomos é que, ao invés disso, você se concentre na sua respiração e esteja atento aos pontos de contato do seu corpo, como o contato dos pés com o chão.

Esses pequenos exercícios vão modificar o circuito atencional em seu cérebro.

Estar atento aos movimentos de seu corpo:

Ao se levantar de uma cadeira, concentre-se em como o seu corpo sente esse movimento – desde os braços até a ponta dos pés, analisando o contato com o chão e a força necessária nas pernas.

Prestar atenção a cada sensação que o seu corpo experimenta ao se movimentar é uma excelente forma de se ancorar no momento presente.

Respirar antes de mudar de tarefa:

Fazemos diversas atividades ao longo do dia. Sugerimos que, quando for passar de uma para outra, você faça duas respirações profundas, puxando o ar pelo nariz e o soltando pela boca.

Além disso, esteja atento a como você se sente fazendo isso, à sensação do ar entrando em seu corpo e saindo e se ele possui algum cheiro.

 

Você também pode gostar de conferir no Youtube um dos vários vídeos de mindfulness do nosso professor Marcelo Demarzo (como este de 3 minutos), que consegue dar uma incrível amostra dos benefícios dessa meditação.

E temos uma dica especial para quem é da área da saúde: em outro vídeo, Demarzo conversa com Rogério Calia, também professor da Plataforma Solution, sobre como o mindfulness pode ajudar os profissionais da saúde em tempos de pandemia. Vale a pena assistir!

 

Já deu para perceber a importância da meditação guiada e do mindfulness para a melhora e manutenção da nossa saúde, e que ambos buscam fazer com que nós aproveitemos o momento presente.

Desfrutar 100% daquilo que se vivencia é a chave para não perder tempo remoendo o passado e imaginando o futuro, e é exatamente isso que essas duas técnicas propõem.

Esperamos que você tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre elas. Não deixe de compartilhar esse texto com seus familiares e amigos para que eles também possam aprender a viver o presente enquanto ele acontece!

 

icone de gota

Artigos Relacionados