Marketing

Marina Petrocelli
3 minutos de leitura
Escrito dia 17/12/2020


Ao longo do tempo, a forma como produzimos e entregamos conteúdo originou algumas ideias de Marketing que prevaleceram como verdades absolutas até hoje. Contudo, alguns mitos vêm perdendo força e é disso que vamos falar hoje. Quem relacionou esses conceitos foi a equipe do Google Media Lab.


Aquele pensamento de que as coisas são assim, sempre foram e sempre serão pode nos paralisar frente ao novo e motivar o descarte automático de algumas práticas, sob a justificativa de que elas não funcionariam mesmo.

Você consegue imaginar quais ideias de Marketing estão cristalizadas em nossa mente? Conheça três delas e desenvolver melhor sua concepção sobre alguns conceitos!

Produzir vídeos é caro e demorado

Se você tem a ideia de que a produção de vídeos demanda muito investimento, demora para ser realizada e ainda leva um tempão para entrar no ar, saiba que o pessoal do Google tratou de logo desmistificar isso.

A adaptação dos recursos às particularidades de cada plataforma nos leva a relacionar a produção de vídeos com contratações de diretor e equipe, equipamentos de alto valor, transporte desses equipamentos, definição de uma localização perfeita e todos os custos com a edição e a pós-produção.

Seria um trabalho sem fim, que exige muito dinheiro e algumas plataformas ainda diminuem a qualidade na hora de entregar seu vídeo. Todo esse empenho pode virar uma grande frustração.

A boa notícia é que nem tudo precisa ser assim. Entre as ideias de Marketing, que tal utilizar aplicativos e ferramentas que possibilitam que o próprio time de Marketing grave e edite os materiais?

Também é possível contar com esses artifícios para criar rapidamente diferentes anúncios do mesmo produto ou serviço, a partir de uma divulgação genérica, para diferentes públicos e audiências.

Exemplo disso é a Decathlon, que utilizou o que eles chamaram que “personalização em escala” de vídeos para anúncios com o Youtube Director Mix. Clique aqui para saber sobre esse case!

Quanto mais dados, melhor!

Toda tomada de decisão tem mais chances de dar certo se for fundamentada em dados. Em uma empresa, por exemplo, é preciso analisar os dados para definir o reabastecimento do estoque e as contratações de colaboradores. Já clientes e usuários se baseiam em informações e notas para optar por uma compra ou marca.

No Marketing Digital, podemos pensar no número de visitantes que retornaram ao site, até que ponto um usuário rolou uma página ou até mesmo quais os exatos minutos e segundos em que as pessoas saem do nosso vídeo, por exemplo.

Mas a afirmação desse subtítulo é um mito. Afinal, nem todas as métricas realmente importam e, muitas vezes, acabamos relacionando mais informações do que realmente precisamos.

Adote pelo menos uma das ideias de Marketing do Google: identifique as campanhas e os três principais objetivos de cada uma delas. Assim fica mais fácil trabalhar com as métricas exatas para atingir os resultados.

Serei substituído por um robô

Muito além de se encaixar somente em ideias de Marketing, a substituição de humanos por robôs é um tema que assusta muita gente. A primeira resposta para quem tem esse medo é: calma. Dificilmente as tarefas humanas em sua totalidade serão substituídas por máquinas.

Porém, esse post pode ficar obsoleto no minuto seguinte de sua publicação, uma vez que estamos acompanhando o crescimento cada vez mais rápido e intenso das inteligências artificiais e machine learning.

(E elas nem sempre são tão agradáveis, como você pode conferir nesta matéria).

De qualquer maneira, devemos focar no que as máquinas fazem melhor do que nós e, assim, teremos tempo para desenvolver e produzir a partir do que somos bons enquanto seres humanos, como criatividade, inovação, inspiração e ideias.

Enquanto os robôs se ocupam com o cálculo das equações que resultam nas métricas mais importantes, o operacional humano pode trabalhar no criativo dos anúncios.

Assim, o Google concluiu que as máquinas tomam decisões que exigem muito trabalho manual e baixo nível de complexidade. E as pessoas se encarregam das habilidades e competências que são exclusivas da nossa característica de ser humano.

Você tem outras ideias de Marketing para compartilhar com a gente? Comente!

icone de gota

Artigos Relacionados