Dicas

Ana Rízia
3 minutos de leitura
Escrito dia 05/08/2020


Constantemente tomamos decisões sobre nossas carreiras baseadas no conhecimento que temos ou que precisamos ter. É claro que isso será diferente para quem está começando e para quem tem um pouco, ou muito, tempo de experiência corporativa. Os desafios também não serão iguais. Pensando nas dificuldades e necessidades individuais de desenvolvimento profissional, a Plataforma Solution […]


Constantemente tomamos decisões sobre nossas carreiras baseadas no conhecimento que temos ou que precisamos ter. É claro que isso será diferente para quem está começando e para quem tem um pouco, ou muito, tempo de experiência corporativa. Os desafios também não serão iguais.

Pensando nas dificuldades e necessidades individuais de desenvolvimento profissional, a Plataforma Solution renovou seu acervo de conteúdos, montando um aprendizado que não precisa ter um começo, meio e fim, mas que está apoiado no conceito do lifelong learning. 

“A gente percebeu que o conhecimento oferecido pelo Solution não era um caminho a ser percorrido, mas sim um quebra-cabeça para se montar, com várias peças de conhecimento que poderiam ser encaixadas dentro de diferentes necessidades”, explica Arthur Nunes, gestor da plataforma.  

A nova curadoria, feita por professores e profissionais renomados do mercado, traz agora o que foi nomeado de Quests, um novo conceito de organização de conteúdo, que está dividido nas peças citadas por Nunes e em etapas.

Quests por quê?

Quem se familiariza de primeira com o termo quest são gamers e jogadores de RPG (jogo em que os participantes assumem papéis e criam narrativas colaborativamente). As Quests da Plataforma Solution se inspiram no significado da missão desses jogos, e oferecem desafios para que o profissional desenvolva seu conhecimento.

Todas as peças foram selecionadas e distribuídas em três etapas. Segundo Nunes, essa distribuição serve para atender aos mais diferentes níveis de conhecimento. “Toda pessoa vai encontrar a peça certa para completar a própria caminhada”, comenta Nunes.

 “A gente está na era da informação e na internet existe muito conteúdo, só faltava ter um lugar com a escolha das melhores peças. Pensamos nas etapas para ter um pouco de complexidade nas Quests, exatamente como montar um quebra-cabeça”, completa o gestor.

Do mais básico, para quem vai começar do zero uma carreira em qualquer área do conhecimento, até o mais complexo, com profissionais que estão caminhando para uma pós-graduação, o Solution tem uma Quest para cada pessoa.

O que tem na Quest?

Pensadas como partes de um quebra-cabeça, as Quests possuem conteúdos organizados em pequenas doses de conhecimento, em formato de textos, podcasts, vídeos, cursos, artigos entre outros complementos, categorizados por áreas do saber e que estimulam o aprendizado contínuo.

“Trabalhamos realmente com essa ideia de poder montar o conhecimento por graus de dificuldade. A pessoa pode escolher começar pelo nível que ela achar mais fácil”, explica Nunes.

O gestor ressalta ainda que nenhuma Quest é igual a outra. “Se alguém entra e encontra nenhuma, pouca ou alguma dificuldade, vai ter a oportunidade de selecionar outras peças que não estavam no repertório dela antes e que elevem seu nível de conhecimento.”

Ao finalizar uma Quest, passando por todos os conteúdos, o profissional poderá realizar um MBA ou participar de parceria internacional, para enfim se tornar especialista na área. “E talvez passar por outras Quests, obter mais atualizações, continuar com a gente e ir além. O que sabemos é que o conhecimento não se acaba”, reforça o gestor. 

Sem parar

O estudo para trazer a nova Plataforma Solution bebeu muito da fonte do lifelong learning, de forma que esse ambiente digital será sempre atualizado para o crescimento contínuo do profissional.

“A ideia é de que as Quests nunca se acabem e que o conhecimento vá evoluindo. Mudanças sempre acontecem e novas coisas vão surgindo, por isso traremos sempre novos conteúdos, novas peças, para ter essa sensação de continuidade”, afirma Nunes.  

Para ele e a equipe da plataforma, a evolução da pessoa sempre será o foco, seja ela leiga no assunto e na área escolhida ou um profissional que deseja ter um repertório mais amplo.

“Uma pessoa que quer começar a ser especialista passa por muitas ofertas, e isso traz a insegurança sobre e por onde começar, quais peças escolher e o que faz sentido para os objetivos dela. Aqui a gente reuniu as melhores para agilizar esse processo”, lembra.

Quer saber qual a Quest ideal para você? Conheça agora a nova Plataforma Solution!

icone de gota

Artigos Relacionados